Que Tal um Rack de Teto Thule em um Corolla Cross 2021

Aqui em nossa loja tem! confira algumas fotos!

Obs: Esse conjunto aplicado a esse modelo de carro é feito somente na nossa loja!

Confira os produtos compatíveis para essa instalação:

GOSTOU? Fale conosco!

Tutorial Detalhes Transbike Thule Camber 4 Suporte para 4 Bicicletas de Engate

Abaixo temos um vídeo explicando a montagem e detalhes do suporte transbike Thule Camber 4

Caso tenha alguma dúvida sobre esse modelo nos envie um comentário abaixo ou fale diretamente pelo WhatsApp

Como Inverter o Transbike Thule Proride 598 – Fixação Correta lado Direito/Esquerdo

Criamos um breve tutorial de como inverter o Suporte Thule Proride 598 corretamente para ambos os lados do rack, assista o vídeo abaixo e siga o passo a passo:

Deve algum dúvida ou tem alguma sugestão? comente abaixo ou entre em contato conosco!

Diferenças entre o Velocompact 927 e Euroride 943

Abaixo temos alguns detalhes das diferenças entre os dois modelos mais procurados entre os amantes de ciclismo.

Sobre o Thule VeloCompact 927:

Possibilidade de aumentar a capacidade de carga para até 4 bicicletas com a adição de um quarto adaptador para bicicletas vendido separadamente. Grande vantagem desse suporte é que esse pode ser usado em bicicletas de carbono (utilizando um acessório carbom frame).

Thule VeloCompact 4th Bike Adapter

Montagem fácil das bicicletas via braços removíveis com botões traváveis, transporta bicicletas com bases de rodas de grandes dimensões graças a suportes de rodas extensíveis.

Sobre o Thule EuroRide 3:

Acesso ao porta-malas com as bicicletas montadas graças ao recurso de inclinação com as mãos (precisa destravar e puchar manualmente), montagem rápida do suporte graças à alça de aperto inteligente, bicicletas montadas no suporte para bicicletas via suportes para quadro estáveis. Produto não indicado para bicicletas de carbono.

Detalhes principais no video abaixo:

Como fazer a ligação elétrica dos suportes de engate Thule

No arquivo abaixo você encontrará a ilustração do esquema elétrico para conectar corretamente as luzes do seu carro aos suportes de engate da Thule.
Utilizamos o padrão Europeu de 7 ou 13 pinos.
Suportes que possuem 13 pinos, acompanham o adaptador para 7 pinos

Lembre-se!

Se o seu carro for com as novas lâmpadas de LED, é preciso trocar também por LED as lampadas dos Suporte da Thule.

Tutorial Instalação de Montagem Thule RideOn 9503 ou 9502

Modo de instalação para o modelo de suporte Thule 9503 ( 3 bicicletas) ou suporte Thule 9502 ( 3 bicicletas) Assista o passo a passo:

Material extra do modelo

Manual usuário PDF


Peças de reposição

Como instalar um rack de caçamba Eqmax

Para essa instalação é preciso de:

1- Marcador (Ferro com ponta para marcação)

1-Broca 8Mm

1- Broca de 10Mm

1- Chave 10

1- Furadeira

1- Trena

1- Arrebitadeira de rosca

Exemplo de um modelo de arrebitar rosca

Explicação da instalação no vídeo abaixo:

Novo Carro Futurístico BMW Vision i Next

A mobilidade individual está enfrentando mudanças. Temas como direção autônoma, eletrificação e aumento da conectividade estão abrindo novas experiências. No futuro, os motoristas terão muito mais controle sobre como usam o tempo na estrada. Com o BMW Vision iNEXT, procuramos fazer uma declaração ousada e positiva para o futuro e fornecer uma resposta humana à pergunta “Como o BMW Group projetará um carro que não precisa mais ser dirigido – mas pode ser? “

O BMW Vision iNEXT é totalmente elétrico, totalmente conectado e oferece direção altamente autônoma. O modelo de produção em série, que se tornará o carro-chefe da nova tecnologia da empresa, será construído na BMW Group Plant Dingolfing a partir de 2021. Ele integrará as áreas estratégicas de inovação do BMW Group (“D + ACES”) e as levará às estradas.

Com o tamanho e as proporções de um BMW SAV moderno, o BMW Vision iNEXT é uma figura autoritária. O veículo transmite instantaneamente seu caráter pioneiro através de formas e superfícies claramente esculpidas. Pintura impressionante e detalhes sofisticados reforçam ainda mais essa impressão. O exterior do Liquid Greyrose Copper muda gradualmente a tonalidade do cobre quente para a rosa escura e injeta o veículo com um toque dinâmico, mesmo quando estacionário.

A grade de rim duplo grande e interligada, o icônico gráfico da janela lateral e as superfícies de destaque azul na frente, nas laterais e na traseira adotaram claramente o estilo BMW i que já era apresentado no BMW i Vision Dynamics apresentado em 2017. Desbloqueando o veículo faz com que os acentos azuis acendam, acentuando suas linhas atraentes. As superfícies de vidro, como as grandes janelas e as luzes, são integradas perfeitamente ao design e têm a aparência de incrustações elaboradas.

ASSISTA:

Adaptadores para instalar seu Bike Trailer na sua bicicleta – Dúvidas frequentes

Eixos de 12mm Adaptadores para cubos com cambio/marchas interno Adaptadores para quadros com gancheiras (não plana)

Seu kit que acompanha o Bike Trailer acopla em bicicletas com eixo/blocagem traseira.

O modo de acoplagem vai depender de sua bicicleta:

1. Bicicletas com blocagem de 5mm

2. Bicicletas com eixo de 12mm

3. Bicicletas com cubo com cambio/marchas interno

4. Bicicletas com quadros com gancheiras (não plana)

1. Bicicletas com blocagem de 5mm A maioria das bicicletas possuem uma blocagem de 5mm que atravessa o eixo do cubo traseiro. Se a sua bicicleta possui o sistema de blocagem como este da foto aqui ao lado, por favor, siga as instruções de instalação de montagem que acompanha o seu Bike Trailer.

As seguintes bicicletas requer adaptadores adicionais:

2. Bicicletas com eixo de 12mm

3. Bicicletas com cubo com cambio/marchas interno

4. Bicicletas com quadros com gancheiras (não plana)

Atente aos seguintes detalhes de seu eixo

1. Marca do seu eixo

2. Diâmetro do eixo

3. Comprimento do eixo

4. Geometria do eixo (reto/cônico) 5. Rosca do eixo*

Uma vez que você identificou os itens de 1 à 5 acima, encontre na próxima página o adaptador que combina com o seu eixo.**

*Nota: Para identificar a rosca correta, favor entrar em contato com o representante da marca da sua bicicleta.

** Nota: Se não conseguir encontrar o adaptador que combine com o seu eixo, favor entrar em contato com o SAC da Thule.

Dúvidas? fale com nossa equipe!

Thule RideAlong Gráfico de compatibilidade de bikes

Adaptável à maioria das Mountain Bikes de aro 26’ a 29’ e bicicleta de Estrada padrão 700c com tubos do selim redondo com medidas de 27,2 a 40 mm ou oval de no máximo 40x55mm. Estes Padrões são encontrados na maioria das bicicletas de Estrada, Mountain Bike, Hibridas e convencionais.

Estilos de Quadros compatíveis e incompatíveis

Modelos incompatíveis

Modelos compatíveis

Bugatti Chiron de 0 a 400 km/h – Busca Pelo Recorde

Um vídeo publicado na página do Youtube mostra o piloto colombiano Juan Pablo Montoya, chegando na marca de 420 km/h

O novo modelo Bugatti Chiron é o sucessor do famoso carro velox “Veyron” (quem joga video game sabe muito bem sobre esse modelo) e baseado no conceito Gran Turismo. O seu motor é composto por W16 8.0 quadriturbo tem 1.500 cv de potência e 163,15 mkgf e tem velocidade máxima de 417 km/h. As 500 unidades que serão feitas, o valor é considerado em média de US$ 2,6 milhões, isso são exatos R$10 milhões.

Aumente o som e sinta a adrenalina!

Posso Usar Suporte de Bicicleta no Engate? Quais São os Critérios Técnicos?

Quais os critérios que o fabricante de carros usa para definir a capacidade de reboque do veículo?

“Obviamente que não se deve esquecer da parte estrutural do ancoramento do engate, mas os dois principais critérios para determinação da capacidade de reboque no engate são os sistemas de freios e arrefecimento.” Relata Felipe Hoffmann, engenheiro mecânico com mestrado na área automotiva, que resumidamente detalha em um vídeo técnico os principais critérios que ele utilizava durante seus trabalhos como engenheiro em grandes montadoras.

Pode haver uma certa confusão no entendimento no que o fabricante declara que a capacidade de reboque é de 0kg, pois afinal, para o sistema de freios e arrefecimento tanto faz onde as bicicletas estão penduradas. “ Ou seja, não posso levar a bicicleta no engate mas posso muito bem colocar um suporte na tampa do porta-malas ou mesmo no teto do carro que está tudo bem?” argumenta Felipe em seu vídeo. Pode ser que até haja um problema de falta de resistência mecânica na região de fixação do engate, o qual não foi estimado durante o projeto. Mas geralmente o engate é fixo em uma região estrutural do carro, ou seja, que não traria qualquer problema de se “arrancar” a traseira do carro com o peso e esforços de meras bicicletas penduradas.

Contudo, o que realmente determina a capacidade de reboque de um veículo é o sistema de arrefecimento, pois o motor precisará produzir mais potência em menores velocidades ao puxar uma carreta pesada e de grande arrasto aerodinâmico em aclives acentuados. Como resultado, mais calor é rejeitado para o radiador que ao mesmo tempo está com fluxo menor de ar, o que pode resultar na incapacidade de trocar todo este calor, resultando em superaquecimento do motor. Por isso que picapes, como a Nissan Frontier testada pelo Felipe Hoffmann para o Best Cars, possuem a ventoinha do radiador conectada ao motor através de um acoplamento viscoso que conecta a mesma à rotação do motor com o aumento da temperatura. Esta estratégia permite a utilização de ventiladores de grande fluxo de ar já que a energia de seu acionamento é retirada diretamente do motor. Caso contrário, haveria a necessidade de motor elétrico muito potente e como consequência um sistema elétrico (alternador, bateria, fios e etc) muito mais potente e caro.

Os detalhes destes conceitos estão num vídeo explicativo abaixo feito pelo próprio Felipe Hoffmann.

Nova Atualização do Conjunto de Base 753 para o Thule Evo 7106

Depois de anos no mercado o famoso Rapid System 753 para carros com longarinas integradas ou pontos de fixação será atualizado por um modelo mais atraente Thule Evo 7106

Modelo de base 7106 tem semelhança com o Evo Clamp 7105

Detalhes do Produto Que Será Atualizado:

Recursos

  • Pés de suporte de carga para o sistema de rack Thule Evo
  • O pé é instalado facilmente em veículos com trilhos de nivelamento
  • A tecla limitadora de torque ergonômica indica quando o rack está seguro e adequadamente preso ao seu veículo
  • Protege o veículo com travas Thule One-Key (vendidas separadamente)
  • Consulte o Guia do comprador da Thule para descobrir qual rack de teto se adapta ao seu carro

Especificações técnicas

Carga máxima75kg. Verifique também a capacidade máxima de carga do teto do seu veículo.
Compatível com Thule WingBar Evo ✓ 
Compatível com Thule AeroBlade ✓ 
Compatível com Thule SquareBar ✓ 
Compatível com Thule ProBar ✓ 
Fechaduras incluídas ✖ 
Um sistema chave compatível ✓ 
Número do modelo710601

ASSISTA O VÍDEO:

Felipe Hoffmann Aprova o Rack e Suporte Thule no Peugeot 2008.

Felipe Hoffmann, sócio da FHB Rack Delivery, aprova o rack e suporte Thule durante a avaliação do 2008. Um dos destaques é o baixíssimo ruído de vento do rack Wingbar que possui formato aerodinâmico projetado para ter boa fluidez no fluxo de ar e como consequência proporcionar pouquíssimo impacto no ruído e consumo de combustível. Detalhes da avaliação estão tanto no site do Best Cars como no vídeo no Youtube:
https://bestcars.uol.com.br/bc/informe-se/avaliacao/teste-peugeot-2008-griffe-2020-um-mes-ao-volante-semana-2/

Confira o vídeo:

Gostou? comente, compartilhe com seus amigos!

Qual Melhor Meio de Carregar a Bike, no Teto, no Engate ou Porta Malas?

Dúvida comum de muitos na proximidade da viagem: Prós e contras de cada sistema opção de transportar a bicicleta ?

Fique ligado em nosso canal

Grande parte das pessoas que transportam suas bicicletas apenas levam em conta o preço de aquisição ao decidir o tipo de suporte mas muitas vezes sem levar em consideração as vantagens e desvantagens de cada opção. Os 3 estilos mais utilizados são os de carregamento na parte traseira (tampa do porta-malas), de teto e de engate.

Carregamento no Porta-Malas:

Imagem do uso de suporte no porta malas

A principal vantagem do suporte de porta-malas é a praticidade de instalação e retirada do veículo sem grandes complicações. Além disso, a bicicleta fica numa região do veículo que praticamente não afeta a aerodinâmica do veículo, ou seja, sem grande impacto no consumo rodoviário.

Sua desvantagem é voltado ao cuidado de instalação: Dependendo como for montado, pode acarretar em riscos ou mesmo amassados na carroceria do veículo. Um dos produtos mais confiáveis para a utilização nesse estilo seriam os da marca Thule, pois contam com um sistema de acabamento emborrachado para não arranhar ou amassar o carro. Também deve se atentar à fixação da bicicleta de forma adequada para que não caia no meio da estrada caso o veículo faça uma manobra de emergência. Além disso, é indicado a instalação de uma terceira placa, com régua de sinalização para evitar multas por encobrimento da placa. E não é preciso dizer que não se pode abrir o porta-malas com o suporte pendurado na traseira, o que pode ser um problema numa situação de pneu furado.

Portanto, para uso urbano como ir ao parque ou até alguma ciclovia o suporte fixo ao porta-malas é muito indicado pela praticidade mas que não seria a opção mais indicada para uma viagem muito longa.

Suporte de Teto:

Imagem de suporte carregamento no teto do carro

Um exemplo acima é utilização de suporte de teto, um dos meios mais seguros para se carregar uma bike atualmente, as vantagens é que esse não é proibido o seu uso no teto do carro, então a viagem não irá ter riscos de ser multado, esse em muitos casos e fixado sem a necessidade de ficar retirando e colocando o produto no carro. Estes sendo Thule possuem sistema antifurto para a segurança no carregamento das bikes. Para a utilização nesse estilo é necessário ter um rack no teto conforme a aplicação de cada veículo, e dependendo do rack consegue ter até 4 suporte instalado no teto do carro. A desvantagem dessa utilização é que tem pessoas que moram em apartamentos e para coloca-las no teto do carro é necessário colocar fora do condomínio ou da garagem, a maioria dos portões são baixos e não conseguem entrar e sair com as bikes instaladas no teto, e se caso a pessoa esqueça que está com as bikes no teto acaba fazendo um estrago bem caro!

Considerado muito seguro, o suporte de teto não requer uso de terceira placa, o que simplifica a vida do motorista e sem riscos de multas. Também garante proteção extra à bicicleta em relação ao tráfego em geral, ou em outras palavras, baixo risco de avaria da mesma em caso de algum acidente com o veículo. Outra vantagem é possibilidade de se manter o suporte permanentemente instalado no veículo, principalmente em sistemas Thule que possuem chaves próprias tanto para a remoção do suporte como da bicicleta em si.

Os pontos negativos estão em relação à altura que o suporte fica, principalmente em veículos to tipo SUVs, dificultando a montagem e fixação da bicicleta no teto do veículo. Além disso, obriga o condutor a tomar cuidado ao passar embaixo de árvores ou mesmo ao entrar em garagens, situação geralmente impossível, podendo trazer dados sérios ao veículo e à bicicleta caso o motorista esqueça deste detalhe. Também não devemos esquecer do aumento do arrasto aerodinâmico que resulta em maior ruído de vento bem como aumento do consumo de combustível. Obviamente o quanto se afeta depende de diversos fatores como tipo e quantidade de bicicletas transportadas além é claro da velocidade de condução do veículo.

Ou seja, o uso em teto atende bem pessoas que costumam viajar bastante pela sua segurança e agilidade de instalação.

3° Suporte de Engate

Imagem de carregamento de bike suporte plataforma

Sistema prático para pessoas que já possuem engate no veículo, que geralmente são utilizados para rebocar carretas e carros. Assim como o suporte no porta-malas, é necessário o uso de uma terceira placa com régua de sinalização. Há 2 categorias de suporte de engate: Suspenso ou plataforma.

ASuspenso

A vantagem é seu tamanho reduzido, sendo facilmente transportado dentro do veículo. Como desvantagem podemos citar que não se pode abrir o porta-malas em certos veículos e que a bicicleta fica apoiada pelo quadro, o que pode incomodar algumas pessoas, além é claro de não contar com sistema de chaves anti-furto.

B – Plataforma

As bicicletas são apoiadas pelas rodas em cima do suporte, trazendo uma maior facilidade e agilidade de fixação da bicicleta sem a necessidade de cordas ou outros tipos de amarração já que marcas como a Thule contam com sistema anti-furto. Além disso, há sistemas que permitem o deslocamento do suporte para que a tampa do porta-malas possa se aberta sem a remoção das bicicletas. Como desvantagem, algumas pessoas acabam removendo o suporte no dia-a-dia por aumentar consideravelmente o comprimento do carro, afetando o estacionamento em vias públicas e garagens apertadas. Isso traz o inconveniente da necessidade de um local de espaço considerável para guardar o suporte.


Gostou? Comente ou faça uma pergunta!

Ficou alguma dúvida? Entre em contato com nosso time da FHB Rack Delivery através do telefone, WhatsApp, email ou mesmo nos comentários abaixo.

Veja Alguns Detalhes Básicos na Instalação do Rack Thule 753

Cada tipo de instalação tem seus famosos macetes que só os montadores Thule autorizado sabem, mas seguem alguns detalhes que costumam passar desapercebidos porém fazem muita diferença na instalação do de um rack Thule.

Devemos lembrar que antes de começar leia atentamente o manual do produto adquirido. Nele você encontrará todas as informações que não citamos aqui. O carro escolhido foi uma Toyota SW4 2019 com longarinas integradas.

Então vamos lá:

Começaremos com o conjunto de base, do modelo 753. Separe as peças como a foto acima.
Uma vez que para esta aplicação se utiliza o furo central, levante o conjunto traseiro conforme demonstrado na foto acima.
Encaixe os parafusos no ponto central. Não aperte muito agora já que o aperto final deve ser feito quando estiver montado na longarina.

Alguns modelos requerem posicionamento correto de montagem, designado no manual do produto. No caso em questão, todos os lados são iguais, não havendo necessidade de se preocupar com a posição de montagem.

Encaixe o conjunto de quatro réguas (lado com pontas para o lado de fora).
Coloque as bases em cada ponta das barras.
Separe as borrachas antes de montar no rack.
Coloque a borracha “lisa” na área conforme a imagem.
Em seguida coloque a borracha com setas para frete ( Parte da Tecnologia WindDiffuser Thule)
Encaixe as ponteiras, mas caso tenha dificuldade, deixe para encaixar quando o rack estiver fixo e completamente montado com leves batidas com a mão.
Coloque as travessas montadas nas longarinas, aperte os 4 parafusos central. Atente para o espaçamento padrão entre 60 e 80cm entre as travessas dianteiras e traseiras.
Corte as borrachas de tal forma que nenhum vão fique aberto – isso pode ocasionar ruído de vento em velocidades mais altas. E por último, coloque as capinhas, certificando que estejam todas trancadas. Também não esqueça de aplicar forças em várias direções nas travessas para conferir se tudo está bem fixo.