11 de novembro de 2019 Qual Melhor Meio de Carregar a Bike, no Teto, no Engate ou Porta Malas?

Qual Melhor Meio de Carregar a Bike, no Teto, no Engate ou Porta Malas?

Dúvida comum de muitos na proximidade da viagem: Prós e contras de cada sistema opção de transportar a bicicleta ?

Grande parte das pessoas que transportam suas bicicletas apenas levam em conta o preço de aquisição ao decidir o tipo de suporte mas muitas vezes sem levar em consideração as vantagens e desvantagens de cada opção. Os 3 estilos mais utilizados são os de carregamento na parte traseira (tampa do porta-malas), de teto e de engate.

Carregamento no Porta-Malas:

A principal vantagem do suporte de porta-malas é a praticidade de instalação e retirada do veículo sem grandes complicações. Além disso, a bicicleta fica numa região do veículo que praticamente não afeta a aerodinâmica do veículo, ou seja, sem grande impacto no consumo rodoviário.

Sua desvantagem é voltado ao cuidado de instalação: Dependendo como for montado, pode acarretar em riscos ou mesmo amassados na carroceria do veículo. Um dos produtos mais confiáveis para a utilização nesse estilo seriam os da marca Thule, pois contam com um sistema de acabamento emborrachado para não arranhar ou amassar o carro. Também deve se atentar à fixação da bicicleta de forma adequada para que não caia no meio da estrada caso o veículo faça uma manobra de emergência. Além disso, é indicado a instalação de uma terceira placa, com régua de sinalização para evitar multas por encobrimento da placa. E não é preciso dizer que não se pode abrir o porta-malas com o suporte pendurado na traseira, o que pode ser um problema numa situação de pneu furado.

Portanto, para uso urbano como ir ao parque ou até alguma ciclovia o suporte fixo ao porta-malas é o muito indicado pela praticidade mas que não seria a opção mais indicada para uma viagem muito longa.

Suporte de teto:

Um exemplo acima é utilização de suporte de teto, um dos meios mais seguros para se carregar uma bike atualmente, as vantagens é que esse não é proibido o seu uso no teto do carro, então a viagem não irá ter riscos de ser multado, esse em muitos casos e fixado sem a necessidade de ficar retirando e colocando o produto no carro. Estes sendo Thule possuem sistema antifurto para a segurança no carregamento das bikes. Para a utilização nesse estilo é necessário ter um rack no teto conforme a aplicação de cada veículo, e dependendo do rack consegue ter até 4 suporte instalado no teto do carro. A desvantagem dessa utilização é que tem pessoas que moram em apartamentos e para coloca-las no teto do carro é necessário colocar fora do condomínio ou da garagem, a maioria dos portões são baixos e não conseguem entrar e sair com as bikes instaladas no teto, e se caso a pessoa esqueça que está com as bikes no teto acaba fazendo um estrago bem caro!

Considerado muito seguro, o suporte de teto não requer uso de terceira placa, o que simplifica a vida do motorista e sem riscos de multas. Também garante proteção extra à bicicleta em relação ao tráfego em geral, ou em outras palavras, baixo risco de avaria da mesma em caso de algum acidente com o veículo. Outra vantagem é possibilidade de se manter o suporte permanentemente instalado no veículo, principalmente em sistemas Thule que possuem chaves próprias tanto para a remoção do suporte como da bicicleta em si.

Os pontos negativos estão em relação à altura que o suporte fica, principalmente em veículos to tipo SUVs, dificultando a montagem e fixação da bicicleta no teto do veículo. Além disso, obriga o condutor a tomar cuidado ao passar embaixo de árvores ou mesmo ao entrar em garagens, situação geralmente impossível, podendo trazer dados sérios ao veículo e à bicicleta caso o motorista esqueça deste detalhe. Também não devemos esquecer do aumento do arrasto aerodinâmico que resulta em maior ruído de vento bem como aumento do consumo de combustível. Obviamente o quanto se afeta depende de diversos fatores como tipo e quantidade de bicicletas transportadas além é claro da velocidade de condução do veículo.

Ou seja, o uso em teto atende bem pessoas que costumam viajar bastante pela sua segurança e agilidade de instalação.

3° Suporte de Engate

Sistema prático para pessoas que já possuem engate no veículo, que geralmente são utilizados para rebocar carretas e carros. Assim como o suporte no porta-malas, é necessário o uso de uma terceira placa com régua de sinalização. Há 2 categorias de suporte de engate: Suspenso ou plataforma.

a Suspenso

A vantagem é seu tamanho reduzido, sendo facilmente transportado dentro do veículo. Como desvantagem podemos citar que não se pode abrir o porta-malas em certos veículos e que a bicicleta fica apoiada pelo quadro, o que pode incomodar algumas pessoas, além é claro de não contar com sistema de chaves anti-furto.

bPlataforma

As bicicletas são apoiadas pelas rodas em cima do suporte, trazendo uma maior facilidade e agilidade de fixação da bicicleta sem a necessidade de cordas ou outros tipos de amarração já que marcas como a Thule contam com sistema anti-furto. Além disso, há sistemas que permitem o deslocamento do suporte para que a tampa do porta-malas possa se aberta sem a remoção das bicicletas. Como desvantagem, algumas pessoas acabam removendo o suporte no dia-a-dia por aumentar consideravelmente o comprimento do carro, afetando o estacionamento em vias públicas e garagens apertadas. Isso traz o inconveniente da necessidade de um local de espaço considerável para guardar o suporte.


Gostou? Comente ou faça uma pergunta!

Ficou alguma dúvida? Entre em contato com nosso time da FHB Rack Delivery através do telefone, whatsapp, email ou mesmo nos comentários abaixo.

X